31.1.11

pura utilidade publica: os rotativos da savassi



legenda:
vermelho = 1hora
azul: 2horas
verde:5horas
e aqui, para baixar o arquivo

25.1.11

"Quem anda no trilho é trem de ferro,
sou água que corre entre pedras:
liberdade caça jeito."

Manoel de Barros

22.1.11

!

"O mau elemento
Tati Bernardi

Eu olho pra sua tatuagem e pro tamanho do seu braço e pros calos da sua mão e acho que vai dar tudo certo. Me encho de esperança e nada. Vem você e me trata tão bem. Estraga tudo.
Mania de ser bom moço, coisa chata.
Eu nunca mais quero ouvir que você só tem olhos pra mim, ok? E nem o quanto você é bom filho. Muito menos o quanto você ama crianças. E trate de parar com essa mania horrível de largar seus amigos quando eu ligo. Colabora, pô. Tá tão fácil me ganhar, basta fazer tudo pra me perder.
E lá vem ele dizer que meu cabelo sujo tem cheiro bom. E que já que eu não liguei e não atendi, ele foi dormir. E que segurar minha mão já basta. E que ele quer conhecer minha mãe. E que viajar sem mim é um final de semana nulo. E que tudo bem se eu só quiser ficar lendo e não abrir a boca.
Com tanto potencial pra acabar com a minha vida, sabe o que ele quer? Me fazer feliz. Olha que desgraça. O moço quer me fazer feliz. E acabar com a maravilhosa sensação de ser miserável. E tirar de mim a única coisa que sei fazer direito nessa vida que é sofrer. Anos de aprimoramento e ele quer mudar todo o esquema. O moço quer me fazer feliz. Veja se pode.
E aí passa a maior gostosa na rua e ele lá, idolatrando meu nariz. E aí o celular dele toca e ele, putz, perdeu a ligação porque demorou trinta mil horas pra desvencilhar os dedos do meu cabelo. Com tanto potencial pra me dar uns tapas, o moço adora me fazer carinho com a ponta dos dedos.
Não dá, assim não dá. Deveria ter cadeia pra esse tipo de elemento daninho. Pior é que vicia. Não é que acordei me achando hoje? Agora neguinho me trata mal e eu não deixo. Agora neguinho quer me judiar e eu mando pastar. Dei de achar que mereço ser amada. Veja se pode. Trinta anos servindo de capacho, feliz da vida, e aí chega um desavisado com a coxa mais incrível do país e muda tudo. Até assoviando eu tô agora. Que desgraça.
Ontem quase, quase, quase ele me tratou mal. Foi por muito pouco. Eu senti que a coisa tava vindo. Cruzei os dedos. Cheguei a implorar ao acaso. Vai, meu filho. Só um pouquinho. Me xinga, vai. Me dá uma apertada mais forte no braço. Fala de outra mulher. Atende algum amigo retardado bem na hora que eu tava falando dos meus medos. Manda eu calar a boca. Sei lá. Faz alguma coisa homem!
E era piada. Era piadinha. Ele fez que tava bravo. E acabou. Já veio com o papo chato de que me ama e começou a melação de novo. Eita homem pra me beijar. Coisa chata.
Minha mãe deveria me prender em casa, me proteger, sei lá. Onde já se viu andar com um homem desses. O homem me busca todas as vezes, me espera na porta, abre a porta do carro. Isso quando não me suspende no ar e fala 456 elogios em menos de cinco segundos. Pra piorar, ele ainda tem o pior dos defeitos da humanidade: ele esqueceu a ex namorada. Depois de trinta anos me relacionando só com homens obcecados por amores antigos, agora me aparece um obcecado por mim que nem lembra direito o nome da ex. Fala se tão de sacanagem comigo ou não? Como é que eu vou sofrer numa situação dessas? Como? Me diz?
Durmo que é uma maravilha. A pele está incrível. A fome voltou. A vida tá de uma chatice ímpar. Alguém pode, por favor, me ajudar? Existe terapia pra tentar ser infeliz? Outro dia até me belisquei pra sofrer um pouquinho. Mas o desgraçado correu pra assoprar e dar beijinho"

!

19.1.11

“A vizinhança obriga as pessoas a se compararem e a se perguntarem sobre suas diferenças, seja ela próxima ou distante. Essa já é uma indagação de natureza política”

Milton Santos
isso, Bial!enfim!:
sim, é um jogo!
e não. não é baralho!

18.1.11

o video mais lindo, se bobear, de todos os tempos... :)
Mi hermanito de la luna

video

"Frédéric Philibert es el padre de un niño autista y por eso ha realizado este inolvidable dibujo animado de cinco minutos de duración que nos cuenta las impresiones de una niña sobre su hermanito autista. La niña intenta explicarnos con su lenguaje sencillo por qué su hermanito es diferente a los demás niños y nos comenta cómo lo vive."
(...) mais, aqui

17.1.11

"As amadas

As amadas rebentam nas fontes do poema,
As amadas não são a filha do rei,
Uma delas não sabe onde me encontrar;
No pensamento vizinho ao meu
Cresce o desejo das amadas;
Vou apanhar os peixes da lua
Para a fome das amadas

Mas meu quotidiano irreparável
Perdendo suas formas volantes:
- Por que as nuvens baixas
Pesando nos meus olhos?
Onde as amadas para minha espera?"

João Cabral de Melo Neto

14.1.11

Cruz Vermelha em Minas Gerais arrecada doações para vítimas do Rio

População pode contribuir com alimentos não perecíveis, produtos de higiene e roupas que devem ser entregues na sede da instituição em BH; 22 toneladas já foram enviadas ao interior de MG; foco da campanha, agora, é também para atender o estado vizinho

Os graves acontecimentos no estado do Rio de Janeiro, nas últimas 24 horas, levaram a Cruz Vermelha em Minas Gerais a ampliar o foco de sua campanha SOS chuvas, para atender também ao estado vizinho.

A campanha começou em novembro, mas intensificou-se nas últimas semanas, com o agravamento da situação no interior de Minas e, recentemente, com as calamidades na região serrana do Rio de Janeiro. A CVB-MG continua solicitando a participação da população.

Podem ser doadas roupas, alimentos não perecíveis, água mineral e produtos de higiene.

O endereço para entrega das doações é Alameda Ezequiel Dias, 427, Centro, de segunda a sexta, das 8h às 18h. Mais informações pelo telefone (31)3239.4200 ou pelo site www.cvbmg.org.br

5.1.11

"A falta que ama

Entre areia, sol e grama
o que se esquiva se dá,
enquanto a falta que ama
procura alguém que não há.

Está coberto de terra,
forrado de esquecimento.
Onde a vista mais se aferra,
a dália é toda cimento.

A transparência da hora
corrói ângulos obscuros:
cantiga que não implora
nem ri, patinando muros.

Já nem se escuta a poeira
que o gesto espalha no chão.
A vida conta-se, inteira,
em letras de conclusão.

Por que é que revoa à toa
o pensamento, na luz?
E por que nunca se escoa
o tempo, chaga sem pus?

O inseto petrificado
na concha ardente do dia
une o tédio do passado
a uma futura energia.

No solo vira semente?
Vai tudo recomeçar?
É a falta ou ele que sente
o sonho do verbo amar?"

Carlos Drummond de Andrade

, emprestado do blog da dri.
atrás de um drummond nada habitué... lá, encontro certeiro. :)

4.1.11

"Que a vida não gosta de esperar
A vida é pra valer
A vida é pra levar"

chico e toquinho
Toadinha de ano novo
(trechos)

"E foi-se o ano
...

De qualquer modo, resta-nos o tomara-que-seja; resta o que a gente deseja, como diz o amigo Guima. E a esperança é uma mulher tão à mão, que é até ingratidão a gente não dar-lhe em cima.

Por isso, amigos, que este ano recém-nato, ao contrário do transacto, lhes chegue de fraldas limpas; e vocês tenham um milhão de coisas boas e possam ver suas pessoas num espelho mais bonito.

...

Pois a verdade é que tudo se renova: bossa velha fica nova, o que eu acho muito bem. Só não renova quem já está com o pé na cova, quem não cria e não desova, quem não gosta de ninguém.

...

Que nasçam poemas, nasçam canções, nasçam filhos; e se terminem os exílios e se exerça mais perdão. E brotem flores das dragonas militares e não mais se assutem os lares com esses tiros de canhão. Que todos se unam, se protejam, apertem os cintos; se reúnam nos recintos com esperança brasileira. E que se dê de comer a quem não come, porque o povo passa fome : e a fome é má conselheira...

...

E finalmente que eu, pequeno mas decente, siga sempre para a frente com meu amor ao meu lado . E ela me dê, no mais proximo presente, o presente de um futuro sem as dores do passado."

Vinícius de Moraes
1º de janeiro de 1965

amo a atualidade dos que amo